A-
A+
Segunda-Feira, 20 de setembro de 2010
Petrobras dobra número de ações no lote adicional de oferta

A Petrobras informou na última sexta-feira, em anúncio publicado nos jornais, que o conselho de administração da empresa, reunido na quinta-feira, aprovou o aumento da quantidade de ações  ordinárias e/ou preferenciais que poderão ser emitidas, incluindo sob a forma de American Depositary Shares (ADS), no lote adicional da oferta pública global de ações. O limite do lote adicional será equivalente a até 20% das ações da oferta e não mais 10%, como constava no aviso ao mercado publicado em 3 de setembro e no prospecto preliminar.

O lote adicional foi elevado de 217.407.390 ações ON para 434.814.780 papéis e de 158.586.799 papéis PN para 317.173.598, um total de 375.994.189 papéis. No total, o lote soma agora 751.988.378 ações. Não foi alterada a quantidade de ações do lote suplementar, que pode ser de até 187.997.094 ações.

A oferta da Petrobras prevê a distribuição primária de 2.174.073.900 novas ações ordinárias e 1.585.867.998 novas ações preferenciais, incluindo as sob forma de ADS (American Depositary Shares). Cada ADS representa duas ações ON ou PN, conforme o caso.

Crédito a fornecedores

A estatal anunciou também na sexta o lançamento do Programa Progredir, um instrumento para facilitar a oferta de crédito em volume e condições que favoreçam a ampliação da base e o crescimento sustentável da cadeia de fornecedores da empresa. Segundo nota divulgada pela empresa, o Programa Progredir se destina a todos os fornecedores da Petrobras, diretos e indiretos.

O Programa está baseado na concessão de crédito a cadeia de fornecedores, lastreado nos recebíveis ainda não performados em cada um dos contratos firmados entre os participantes da cadeia.

A iniciativa foi desenvolvida em conjunto com seis dos maiores bancos de varejo em operação no Brasil (Banco Bradesco S.A., Banco do Brasil S.A., Banco Santander (Brasil) S.A., Caixa Econômica Federal, HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo, Itaú Unibanco S.A.), com o BNDES, com o Programa Nacional de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás (Prominp) e com entidades de classes representativas da indústria fornecedora. (Fonte)

Postado por: NewsComex - Comércio Exterior e Logística
Imprimir
Enviar por e-mail
< anterior | seguinte >
Anuncie | Quem Somos | Fale Conosco | Asses. de Imprensa
Copyright 2008 © Portal NewsComex - Todos os direitos reservados. Uma empresa do RM GROUP